Dolores Fender

Novos caminhos

Textos


A LUA QUE LIA

A lua que lia
Para o sol que dormia
Tornou-se para o sol
A melhor fantasia
Enquanto a lua lia
O sol sorria
Sorria , sorria.

Quando o sol acordava
Cheio de energia
A lua dormia
E enquanto dormia
A lua escrevia
Tudo o que lia
Era a sua mania
Escrevia, escrevia.

Enquanto o sol brilhava
No fim do dia
A lua espiava
Cheia
De alegria.

Dolores Fender
17/04/2017
Dolores Fender
Enviado por Dolores Fender em 17/04/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras