Dolores Fender

Novos caminhos

Textos


Desejo
 
As flores que ontem plantei no meu jardim
Não as plantei pra mim,  foram pra te enfeitar
Das rosas vermelhas, em teus lábios, o carmim
Em revoada as abelhas virão me roubar.
 
Se nunca tivesse plantado sequer uma flor                                      
Espalhado sementes, cores e perfumes
Não teria que mendigar migalhas do amor
Que me devolves em dor, em ais e queixumes.
 
Ah, quem me dera que um vento bem forte
Arrancasse a raiz das flores que ontem plantei
E forrasse de espinhos o chão que pisei.
 
Que os pássaros em bandos voassem pra longe
Que um inverno intenso congelasse o país
Que só o calor dos meus braços te fizesse feliz.
 
Dolores Fender
29/04/2017
 
Dolores Fender
Enviado por Dolores Fender em 29/04/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras