Dolores Fender

Novos caminhos

Textos


 
Transformação
 
Sou uma pedra bruta
Não sou esmeralda
Não sou rubi
Nem ametista...
Estou nas mãos da artista
Que está me lapidando
Transformando o meu ser.
E antes do dia amanhecer
Serei uma estátua de gelo
E vou viver pouco tempo
Depois que o sol nascer.
 
Dolores Fender
21/06/2017
 
Dolores Fender
Enviado por Dolores Fender em 21/06/2017
Alterado em 24/06/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras