Dolores Fender

Novos caminhos

Textos


Escuridão
 
As luzes que clareiam minha mente
Às vezes se apagam de repente
E tudo é escuridão.
 
Sigo tateando pelas paredes
Tropeço e caio, me enredo em redes
Fico presa a pensamentos vãos.
 
Neste escuro intenso
Não sei quem sou nem o que penso
Nem o que faço, nem pra onde vou.
 
E assim perco da minha vida
Momentos que seriam bons.
 
E assim perco da minha vida
Momentos que não voltarão.
 
Dolores Fender
31/01/2018
Dolores Fender
Enviado por Dolores Fender em 31/01/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras