Dolores Fender

Novos caminhos

Textos


 
Voa, voa lá no céu
Aviãozinho de papel
Voa o olhar do menino
Montado em seu carrossel.
 
Voa, voa passageiro
No trote do seu cavalo
A vida passa depressa
A brincadeira é um regalo.
 
Vou voando assim também
Nos meus sonhos e fantasias
Como o menino no carrossel
Vou rodando os dias.
 
Mas também chega o momento
Que tenho que aterrissar
Como o aviãozinho de papel
Que volta antes de na nuvem tocar.
 
 
 
Dolores Fender
04/02/2018
 
Dolores Fender
Enviado por Dolores Fender em 05/02/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras